Afinal, o que é o Funil Heurístico?

A metodologia Funil Heurístico ou do conhecimento foi apresentada no livro Design de Negócios de Roger Martins. Na obra o autor aborda sobre os conceitos de design thinking e inovação nas empresas como forma de criar valor, solucionar problemas e ganhar vantagem competitiva. O design sempre foi usado como solução em áreas como artes, arquitetura e ciências. Recentemente foi incorporado como recurso pelo segmento de negócios para a geração de insights.

A técnica é dividida em três etapas e baseada na forma como os designers pensam, seguindo o modelo de um funil para desenvolver ideias que causem alto impacto no cenário corporativo. Conheça quais são as três etapas de afunilamento do conhecimento.

Mistério: o primeiro passo é analisar a infinidade de possibilidades que um objeto de estudo ou mistério apresentam . No caso da criação de um produto, avaliar o comportamento dos consumidores, cultura, gostos e tendências para auxiliar a filtragem de informações que auxilie a visualização da situação ou problema.

Heurístico: nesta etapa as hipóteses são restringidas e testadas de maneira prática, a fim de explicar quais são as causas e características do fenômeno. O principal objetivo é abordar o problema e refutar as respostas.

Algoritmo: o último estágio do funil heurístico consiste em criar uma fórmula e colocá-la em uso para alcançar um resultado específico. Os algoritmos são como receitas de bolo: a partir da execução de um passo a passo é possível chegar ao objetivo final. Outra vantagem de usar o algoritmo é fazer mudança durante o processo após as prototipagens de soluções.

Share This Article :

Related Posts

Leave A Reply