Aprenda a criar planejamentos estratégicos com ajuda do Canvas

Com o método Bussiness Model Canvas é possível criar modelo de negócios para empresas em início de operação e já consolidadas no mercado. Essa ferramenta de planejamento estratégico é dividida em nove blocos que ajudam a direcionar e definir o gerenciamento dos principais fluxos de uma empresa de modo ágil e inovador, descrevendo seu modelo de atuação. O Canvas permite uma visualização clara dos itens que compõem uma organização, permitindo ajustes dos pontos -chaves ao longo do seu desenvolvimento.

Criado pelo suíço Alexander Ostenwalder com o objetivo de incentivar a prototipação e colaboração na hora de elaborar um modelo de negócios. A técnica ganhou adeptos no mundo todo pela facilidade de uso e pelo processo divertido e criativo que envolve toda a equipe. O Canvas pode ser aplicado no formato de planilhas ou impresso em uma superfície para que o time marque o quadro com post it ou lembretes com as ideias apontadas durante a reunião de planejamento. Mas para que esse recurso seja útil é preciso atentar-se nas etapas de execução e conceitos. Conheça quais são as nove etapas do Canvas.

Segmentos de clientes: antes de começar qualquer atividade é preciso definir qual o público de interesse, stakeholders e nicho de mercado que a empresa atuará.

Atividades principais: nesta etapa a equipe estabelece quais são as principais atividades que o negócio precisa entregar para que ele funcione corretamente e que a empresa alcance suas metas e propósitos.

Parcerias principais: para que uma empresa consiga realizar suas atividades é necessário definir quais são os seus fornecedores e empresas parceiras que complementarão a rede de negócios.

Recursos principais: neste bloco a equipe determina e mapeia quais são os recursos que a empresa precisa ter para entregar sua proposta de valor. Os ativos podem ser intelectuais, físicos, financeiros e humanos, dependendo do negócio e nicho escolhido.

Proposta de valor: a empresa descreve quais são os benefícios ofertados para o público como produtos ou serviços e quais são os seus diferenciais em relação aos concorrentes.

Canais: nesta etapa a equipe estipula por qual canal entrega e comunica seus serviços e produtos, incluindo, por exemplo, marketing e distribuição.
Relacionamento com clientes: este bloco é usado para descrever a gestão de relacionamento do negócio e pode variar de acordo com a proposta.
Custos: a estrutura de custos é usada para orientar quanto o negócio custa e ajudar a organizar os recursos financeiros.

Fonte de receita: aqui a equipe define como a empresa ganhará dinheiro e gerará rendimentos. Existem atualmente vários formatos de cobrança como assinatura, venda, aluguel e licença.

Share This Article :

Related Posts

Leave A Reply